Câmara Municipal de Campina Grande homenageia o Procurador Raulino Maracajá com Título de Cidadania Campinense

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

A Câmara de Vereadores de Campina Grande realizou na manhã desta quarta-feira, 11, Sessão Especial para a entrega de título de cidadania campinense ao Procurador do Ministério do Trabalho Raulino Maracajá Coutinho Filho. A propositura da homenagem foi dos vereadores Alexandre Pereira e da presidente da Casa, vereadora Ivonete Ludgério.

O vereador Alexandre Pereira justificou a entrega do título dizendo que homenagem é extremamente justa visto que Raulino Maracajá tem prestado relevantes serviços à Paraíba com uma atuação em defesa dos direitos dos trabalhadores e focada também uma visão ampliada da atuação do próprio Ministério do Trabalho. “A luta em defesa dos trabalhadores desenvolvida pelo Ministério Público, com forte participação do procurador Raulino Maracajá, tem sido mais ampla e voltada ao bem-estar dos trabalhadores”, frisou o vereador.

A presidente da Câmara, Ivonete Ludgério destacou a dedicação e o compromisso do procurador com a valorização do trabalhador, além de apoiar diversos projetos sociais contra a exploração do trabalho infantil. “A prova disso, é a sua participação ativa em projetos como o Tamanquinho das Artes, que tem como parceira a ativista Eneida Maracajá e que tem o objetivo de retirar crianças em situação vulnerável e apresenta-las ao mundo da cultura e das artes”, destacou a vereadora.

A Sessão Especial também contou com participação dos alunos do projeto Tamanquinho das Artes eu apresentaram peças musicais de violino e flauta doce e um monologo teatral. A ativista cultural Eneida Maracajá citou parte da letra do hino de Campina Grande, na parte que diz “Canaã de leais forasteiros” para dizer que o trabalho do procurador está agora integrado, a história da Rainha da Borborema, como um incentivador da cultura campinense. Ela entregou ao procurado Raulino Maracajá um boneco mamulengo representando a figura de Jackson do Pandeiro a e vereadora Ivonete um tamanquinho de barro, símbolo do projeto, sendo ambas as peças confeccionadas por alunos da instituição.

As homenagens seguiram com as falas dos amigos e parentes do homenageado como o Padre Sérgio Leite que disse que as multas impostas pelo Ministério do Trabalho são direcionadas, de maneira legal, como incentivo ao educação e a cultura, para conscientizar a sociedade de que a vida das crianças deve ser protegida. Já o Chefe de Gabinete da prefeitura municipal, Bruno Cunha Lima disse que é preciso reforçar comportamentos como o do procurador Raulino Maracaja, que através do MPT, apoia projetos como o Tamanquinhos das Artes, e não fica restrito às paredes de gabinetes, mas vai às ruas para combater graves problemas como é o caso da exploração do trabalho infantil.

Outra fala importante foi a da procuradora do trabalho em Campina Grande, Rafaela Ásfora que destacou a atuação do colega procurador com a de alguém que consegue alterar de forma transformadora a vida das pessoas e que faz isto com maestria e humildade. Já o amigo do homenageado e representante do COFEN – Conselho Federal de Engenharia – Renan Azevedo acrescentou dizendo que se orgulhava do amigo Raulino Maracajá e que o título recebido é fruto da ética e da coragem do procurador.

Por fim, falaram a esposa do homenageado, a juíza do trabalho, Adriana Lemos que destacou aa qualidade do marido, do pai e do profissional, dizendo também que Raulino consegue colher o melhor das pessoas e que acredita no trabalho do ser humano e que por isso merece o título, porque já é campinense verdadeiramente, pois demonstra amar a cidade. O púlpito da Casa de Félix Araújo recebeu a última fala, do agora, cidadão campinense, Raulino Maracajá que agradeceu aos vereador Alexandre Pereira e a presidente Ivonete Ludgério pela propositura e se sente imensamente honrado e feliz por receber o título de cidadão campinense. Ele disse:  “Como membro do Ministério Público do Trabalho tenho a obrigação fiscalizar o cumprimento da legislação trabalhista mediando as relações entre empregadores e empregados, mas tem algo que gostaria de compartilhar com vocês; eu costumo falar que é muito bonito quando olhamos nos olhos da pessoas e nos deparamos com um olhar diferenciado de afeto de carinho pela atividade desenvolvida, pois me esforço e apenas prestei meus serviços a sociedade de Campina Grande e região, destacou e procurador.

A sessão foi encerrada com as palavras de agradecimento do procurador Raulino Maracajá que citou a Deus, a esposa e filhos, aos parentes e amigos e a todos os presentes pela homenagem.