BOLA VALIOSA – Campinense vence Fortaleza no Estádio O Amigão – em Campina Grande e está na final da Copa do Nordeste

Publicado em Categorias Últimas

0 a pe

 

O Campinense escreveu mais um capítulo inédito na sua história ao vencer o Fortaleza, no estádio Amigão, em Campina Grande. Com gol de Zé Paulo, de pênalti, logo aos dois minutos do primeiro tempo, a Raposa derrotou o Leão pela primeira vez em jogos oficiais e ainda se classificou para a final da Copa do Nordeste, que será disputada contra o Ceará, em duas partidas. No jogo de ida, o

Campinense havia perdido por dois a um, na capital cearense.

Animado pela torcida que compareceu em massa ao estádio Amigão, o Campinense começou a partida com tudo, indo para cima do Fortaleza, tentando marcar o primeiro gol logo no início da partida. E o gol veio como havia sido planejado.

Apesar do início desastroso, o Fortaleza foi para cima, dando trabalho ao Campinense que não se fez de rogado e não deu espaço ao adversário, procurando manter o resultado e, nos contra golpes tentar ampliar o placar até o final do segundo tempo. “Nós queríamos ampliar, mas como não deu, lutamos para evitar um gol do Fortaleza e assegurar nossa vitória que era o que importava”, disse Jefferson Maranhense.

Num dos lances do primeiro tempo, o Fortaleza tentou alçar bolas na área do Campinense, mas zaga da Raposa estava atenta.

EMOÇÃO ATÉ O FIM

Assizinho fez boa jogada individual pela esquerda, cruzou na área e a defesa do Campinense afastou. Apesar da pressão dos cearenses, o rubro-negro teve várias chances de fazer gol, mas perdeu as oportunidades pela forte marcação do adversário. Zé Paulo teve uma boa oportunidade de ampliar para o Campinense. Ele recebeu a bola em liberdade, entrou em alta velocidade, fez o drible em cima da marcação, mas chutou a bola na trave do goleiro do Fortaleza. Jefferson Maranhense também foi o nome do jogo, mas de forma negativa. Em um dos lances ele pegou a sobra, chutou, mas João Carlos defendeu. Jefferson perdeu um pênalti e a chance da Raposa ampliar o placar e ter mais tranquilidade para administrar o resultado.

De acordo com o técnico do Campinense, Oliveira Canindé, embora o time tenha perdido muitos gols, o resultado esperado foi alcançado e a equipe atuou motivada com o incentivo da torcida. “Nossa torcida foi fundamental com o incentivo que contagia e arrepia. Você tem que entrar e fazer. Eu ainda não consegui vencer na Paraíba, mas agora gostaríamos de conseguir este resultado positivo”.

0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *