EDUCAÇÃO – Professora da Universidade Estadual da Paraíba ganha prêmio internacional

Publicado em Categorias Últimas

1

Um trabalho desenvolvido pela professora Railda Fernandes Alves, do Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), sobre cuidados paliativos, rendeu à docente a conquista de um prêmio internacional na área de Psicologia da Saúde.

A professora foi agraciada com o prêmio “Investigador de Mérito”, outorgado pela Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde (SPPS). Apenas três pesquisadores em todo o mundo ganharam o prêmio, sendo que a professora Railda foi a única brasileira a conquistar o certificado. Ela recebeu o prêmio durante o 10º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde, realizado entre os dias 6 e 8 de fevereiro, na Universidade Fernando Pessoa, em Portugal.

Railda Fernandes apresentou o artigo “Saberes e práticas sobre cuidados paliativos para psicólogos atuantes nos hospitais de Campina Grande”. O trabalho foi resultado de uma pesquisa que a professora realizou em hospitais de Campina Grande. Na pesquisa, ela constatou que os psicólogos da cidade conhecem os métodos paliativos, mas têm dificuldades em aplicá-los. A pesquisa mostrou ainda a falta de integração entre psicólogos e equipe médica. Falta compreensão e mais valorização da pessoa do psicólogo. Além do mais, a falta de humanização é um problema na rede de saúde da cidade com profissionais.

O 10º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde reuniu pesquisadores do Brasil e de vários países da Europa. O tema do congresso foi “Tendências em Psicologia da Saúde: Contextos e Interdisciplinaridades”. A professora Railda Fernandes Alves participou do evento integrando a comissão científica. Ela avaliou trabalhos, coordenou mesas e apresentou comunicações.

A pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UEPB, professora Maria José Lima, afirmou que a conquista do prêmio pela professora Railda reflete a qualidade dos trabalhos apresentados pelos professores da UEPB. “Está de parabéns a professora por representar tão bem a UEPB em mais um congresso internacional”, destacou.

 

 

 

 

0Shares