VANGUARDA – O poderoso arquiteto japonês Sou Fujimoto afirma que teve influencias de arquitetos brasileiros

Publicado em Categorias Últimas

2

Um dos projetos mais elogiados do arquiteto

3 4

 

Sou Fujimoto é um dos destaques deste mês da revista Casa Vogue. Um dos arquitetos mais importantes do Japão, ele contou para a publicação que vários nomes da arquitetura brasileira o influenciaram. “Infelizmente, ainda não consegui visitar o Brasil, mas desejo muito estar aí em um futuro próximo. As obras de arquitetos como Niemeyer, Lina BoBardi e Paulo Mendes da Rocha, entre outros, foram fontes de inspiração para mim pela sua simplicidade, diversidade e generosidade. Além disso, tenho muito interesse nas cidades brasileiras”, diz ele. Dos bairros residenciais de Tóquio ao Design District de Miami, passando pelos parques de Londres – lugares onde ele foi chamado para deixar sua marca –, não se fala em outro arquiteto atualmente. Aos 42 anos, nascido em Hokkaido e residente em Tóquio, Sou Fujimoto vem recebendo uma aclamação inversamente proporcional à sua idade, em uma profissão cujos grandes gênios costumam ser reconhecidos décadas à frente. Seus projetos, inspirados em uma volta às raízes do ser humano, costumam arrancar elogios dos especialistas mundo afora. “Acho que a minha arquitetura pode trazer novas ideias. Estou muito ansioso para que isso aconteça”, afirma.

REVISTA EPOCA – BRUNO ASTUTO

0Shares