SÁBADO DIVERTIDO – Amigos, gargalhadas, Joe & Leo`s e o melhor hambúrguer do Brasil, La Suissa e os irmãos André e Anneliese Cunha Lima

Publicado em Categorias Últimas

andreandre 234567891011121314151617181920212248495051

 

Noite de sábado especial em Campina Grande! A visita do querido amigo, empresário e respeitado chef de cozinha – André Cunha Lima mudou nossa rotina. André que é radicado no Rio de Janeiro há mais de 20 anos – casado com Daniella e pai de Guilherme e Eduardo, e dono da conceituada rede de restaurantes Joe e Leo`s – sempre que tem uma folguinha – desembarca na Serra da Borborema para visitar a família  e os amigos.

Pra quem não sabe – o Joe e Leo`s é uma de rede de restaurantes que nasceu no Rio de Janeiro há 18 anos e faz o melhor hambúrguer da cidade maravilhosa – eleito pela revista Veja 12 vezes consecutivas.  Com diz André: “Best Burgers” – sanduiches exclusivos e diferentes de tudo que você já experimentou!  Mas, o Joe & Leo`s não se limita a fazer só o “Best Burgers” – adorei esse nome! Para atender a todos os gostos, com o passar do tempo André lançou pratos que fossem tão bons como os hambúrgueres. São massas, steaks, saladas e pizzas que hoje formam um cardápio realmente completo. E o Joe & Leo’s também virou referência como um lugar delicioso para encontro de amigos, reuniões de família e palco dos mais diversos tipos de celebrações.

E para brindar sua visita a Campina Grande – com sua gentileza e elegância de sempre – André nos brindou com uma noite gastronômica com o melhor hambúrguer do Rio de Janeiro – como já falei anteriormente: eleito pela revista VEJA – 12 vezes consecutivas. Só comendo pra poder entender! Foi realmente um privilégio ter um chef da categoria de André Cunha Lima fazendo sua especialidade exclusivamente para os campinenses amigos. Vocês não tem ideia do que é esse hambúrguer. Melhor do Rio é pouco! Nunca comi nada igual! Posso dizer sem medo de errar que o hambúrguer que André faz é o melhor do Brasil.

E como se não bastasse, o encontro com amigos foi no confortável e lindo apartamento da querida e amada Anneliese Cunha Lima – que ao lado dos filhos Andréa e Bruno Cunha Lima – sabem como ninguém: a difícil arte de receber. O cuidado e o capricho de Anneliese com as mesas e convidados impressionam pelo amor e o bom gosto impresso em tudo que faz. Estar com vocês – Anneliese, Bruno, Andréa e André – e como estar em casa – na certeza de somos queridos e amados. Ter amigos iguais a vocês é um privilegio na vida! Isso sem falar nas muitas gargalhas com as histórias da saudosa, querida amiga e amada Dona Valniza Cunha Lima, das histórias de Nora Almeida e Aluizio Guimarães e das imitações de Bruno Cunha Lima – que arrasou num imitação perfeita de Rômulo Gouveia conversando ao telefone com o presidente Obama. Bom demais!

A noite foi selada com sobremesas dos deuses com a marca da qualidade La Suissa – em minha opinião – a melhor doceria do Brasil. Eduardo arrasou: levou Torta Alemã de Caramelo e docinhos dos deuses ao som dos blues maravilhosos do cantor Rod Stewart.

Eu ficaria escrevendo o resto do dia para elogiar André e Anneliese Cunha Lima – mas o que eu quero mesmo é agradecer, agradecer e agradecer – em nome de todos os amigos que puderam desfrutar desse momento especial em nossas vidas. Obrigado pela amizade e por tudo! Um beijo no coração de todos!

Saibam que vocês estão no lado esquerdo do meu peito – dentro do coração!

Assim já dizia a ”Canção Da América” de Milton Nascimento:

Amigo é coisa para se guardar

Debaixo de sete chaves

Dentro do coração

Assim falava a canção que na América ouvi

Mas quem cantava chorou

Ao ver o seu amigo partir

 

Mas quem ficou, no pensamento voou

Com seu canto que o outro lembrou

E quem voou, no pensamento ficou

Com a lembrança que o outro cantou

 

Amigo é coisa para se guardar

No lado esquerdo do peito

Mesmo que o tempo e a distância digam “não”

Mesmo esquecendo a canção

O que importa é ouvir

A voz que vem do coração

 

Pois seja o que vier, venha o que vier

Qualquer dia, amigo, eu volto

A te encontrar

Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

0Shares