O brasileiro Arthur Ávila, conquista a Medalha Fields – o Nobel da Matemática

Publicado em Categorias Últimas

2

O brasileiro Artur Ávila ganhou a Medalha Fields, a maior premiação da matemática do mundo. Ele já era um dos favoritos ao prêmio e recebeu há alguns dias a notícia de que é um dos selecionados.

Ele é pesquisador do IMPA (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada) e do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica), órgão de pesquisa do governo francês. Artur Avila já publicou diversos artigos ao lado de outros grandes matemáticos. Entre os temas de sua pesquisa estão os sistemas dinâmicos, campo da matemática que busca prever a evolução de fenômenos naturais através do tempo. O foco dos estudos de Artur Ávila é a matemática pura, ou seja, aquela que não necessariamente tem aplicações práticas. Segundo o site MathUnion.org, o trabalho de Avila é uma “inspiração para as novas gerações de matemáticos”. Sua pesquisa mudou significativamente a história dos estudos em sistemas dinâmicos.

A Medalha Fields, considerado o Nobel da Matemática, é concedida a cada quatro anos para pesquisadores que se destacam nas diversas áreas da ciência. Só recebem o prêmio matemáticos com menos de 40 anos. Este ano, Artur Ávila divide a honra com Manjul Bhargava (Universidade de Princeton), Martin Hairer (Universidade de Warwick, no Reino Unido), e Maryam Mirzakhani (Universidade de Stanford), a primeira mulher a receber o prêmio. Artur é o primeiro latinoamericano a ganhar o prêmio. A cerimônia de entrega acontece em Seul, na Coreia do Sul.

0Shares