‘Veja’ revela amanhã nome de políticos que podem estar na delação de ex-diretor da Petrobras

Publicado em Categorias Últimas

000 cópia

O grande acidente nas eleições de outubro para a presidente da República tem data marcada. Neste sábado (6), a revista Veja publica o nome de três governadores que podem estar na delação premiada feita na Polícia Federal pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Além dos governadores, Paulo Roberto deu o nome de 12 senadores e 49 deputados federais. Os envolvidos seriam de três partidos. Segundo o ex-diretor, os políticos receberiam 3% do valor dos contratos da Petrobras na época em que ele ocupava a direção de distribuição da estatal.

A delação premiada de Paulo Roberto Costa é sigilosa. O teor de todos os depoimentos não foi revelado até agora, mas o Supremo Tribunal Federal já recebeu os documentos com as declarações de Costa à PF em Curitiba. Caberá ao ministro Teori Zavascki homologar ou não o acordo.

Costa decidiu fazer a delação premiada no último dia 22, depois que a Polícia Federal fez buscas em empresas de suas filhas, de seus genros e de um amigo dele, todas no Rio de Janeiro. Em uma das empresas, a Polícia Federal encontrou indícios de que Costa tem várias contas no exterior.

Ele foi responsável pela obra mais cara da Petrobras, a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, cujo preço final pode ultrapassar R$ 40 bilhões. Segundo a Polícia Federal, os contratos eram superfaturados e o sobrepreço era repassado pelas empreiteiras ao doleiro Alberto Youssef.

Fonte – Jornal do Brasil

0Shares