O Brejo Paraibano vai ganhar partir de julho uma Rota Gastronômica da melhor qualidade

Publicado em Categorias Últimas

A

O Brejo da Paraíba se organiza para criar mais um atrativo turístico para tentar atrair os turistas pela boca. A Rota Gastronômica de Brejo Paraibano deverá ser iniciada com 30 empreendimentos de alimentação fora do lar.

O objetivo, conforme a gestora de Turismo do Sebrae da Paraíba, Regina Amorim, tem o objetivo de informar aos turistas e visitantes os melhores lugares para comer em sete municípios (Areia, Bananeiras, Pilões, Alagoa Grande, Guarabira, Solânea e Remígio).

Para serem inseridos na Rota Gastronômica, os empreendimentos precisam ter CNPJ, associados à Abrasel (Associação Brasileira de Bares Restaurantes e Similares) e inscritos no Cadastur.

Também precisam participar de consultorias promovidas pelo Sebrae, entre elas, em Segurança Alimentar (8 horas); Consultoria com Chef de Cozinha (8 horas); curso de Atendimento a Clientes (15 horas) e curso de Manipulação de Alimentos (15 horas).

Na próxima semana (17 e 18), representantes do Sebrae, Abrasel e Cadastur estarão percorrendo os sete municípios para agilizar todas as etapas de formatação do projeto. Os empresários terão que pagar 50% do valor do investimento em consultoria, cursos, placa de sinalização, folheteria, logomarca e fampress.

Os cursos terão início em junho. Regina Amorim disse que a ideia é lançar a Rota Gastronômica na abertura do Projeto Cultural Caminhos do Frio no dia 4 de julho, em Areia. “A proposta é que, a partir da Rota Gastronômica, esses pequenos negócios também participem do maior festival gastronômico do mundo, que é o Festival Brasil Sabor, realizado pela Abrasel”, pontuou a gestora do Sebrae-PB.

 

0Shares