Sítio São João foi aberto hoje com a presença de autoridades, jornalistas e convidados especiais do mestre João Dantas

Publicado em Categorias Últimas

0 1 DSC_8252 DSC_8255 DSC_8257 DSC_8259 DSC_8296 DSC_8301 DSC_8306 DSC_8310 DSC_8315 DSC_8320 DSC_8330 DSC_8336 DSC_8342 DSC_8353 DSC_8358 DSC_8361 DSC_8378 DSC_8383 DSC_8388 DSC_8395 DSC_8399 DSC_8404 DSC_8407 DSC_8415 DSC_8428 DSC_8438 a DSC_8441 DSC_8446 DSC_8455DSC_8478 DSC_8476 DSC_8240 DSC_8245 DSC_8266 DSC_8267 DSC_8268 DSC_8270 DSC_8272 DSC_8274 DSC_8275 DSC_8276 DSC_8278 DSC_8280 DSC_8283 DSC_8287 DSC_8289 DSC_8292 DSC_8460 DSC_8461 DSC_8462 DSC_8463 DSC_8465 DSC_8466 DSC_8468 DSC_8471 DSC_8472 DSC_8473 DSC_8474 DSC_8476 DSC_8479 DSC_8480 DSC_8481 DSC_8482

O Sítio São João – maior equipamento cultural de Campina Grande e região foi aberto hoje, para convidados e imprensa. O evento reuniu autoridades, jornalistas e convidados especiais do idealizador João Dantas.

Segundo João Dantas, esse projeto já faz parte d’O Maior São João do Mundo e a cada ano o Sitio atrai mais visitantes para a Rainha da Borborema, da capital e demais cidades do interior da Paraíba, além de muitos visitantes e turistas de outros estados que buscam conhecer o autêntico forró do Nordeste e as características da cultura regional.

De acordo com João, o Sítio São João oferece ao público a oportunidade de conhecer o que existe de mais autêntico na região Nordeste, especialmente os costumes e a musicalidade. Ele ressaltou ainda a oportunidade de conhecer a história do povo nordestino, numa perspectiva que valoriza a arquitetura rural, a religiosidade e a economia, por meio da produção do açúcar e de farinha.

Durante a solenidade de abertura discursaram o presidente da CMCG, Pimentel Filho, a representante do prefeito, vereadora Eva Gouveia e João Dantas.

E pra minha surpresa, João me fez uma homenagem pela pequena contribuição que venho dando a divulgação do Sitio desse a sua criação. Aproveito o espaço para agradecer a homenagem e dizer que estarei sempre a disposição do Sitio – onde quer que ele esteja – já que João disse que mais uma vez o Sítio vai precisar mudar de lugar – porque o terreno não é próprio e o dono pediu. É lamentável que um equipamento tão importante quando o Sitio ainda não tenha um terreno próprio.

A abertura ao público acontecerá na sexta-feira, dia, e segue até o dia 03 de julho, sempre a partir das 11h até às 22h.

0Shares