Morreu um dos mais respeitados estilistas do mundo – Givenchy, símbolo da elegância francesa

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

 

O estilista Hubert de Givenchy, lenda da alta-costura conhecido por sua colaboração com a atriz Audrey Hepburn, morreu aos 91 anos, anunciou nesta segunda-feira à AFP seu companheiro em um comunicado. “O senhor De Givenchy faleceu enquanto dormia no sábado, 10 de março de 2018”, informou o também estilista Philippe Venet.

Autor da frase: o vestido deve seguir o corpo de uma mulher, e não o corpo seguir a forma do vestido, o estilista foi quem criou vestidos para a atriz Audrey Hepburn, imortalizados em filmes como Bonequinha de Luxo, Cinderela em Paris  e Sabrina. A atriz também foi amiga íntima de Givenchy.

Ele também criou vários perfumes com destaque para Amarige, Organza Eau de Parfum, Organza First Light e So Givenchy. Aposentado desde 1995, no ano seguinte o também britânico Alexander McQueen entrou como sucessor na marca e desde 2001 Julien Macdonald foi nomeado diretor artístico.

Considerado um dos grandes nomes da moda em todos os tempos, Givenchy também vestiu mulheres poderosas como Jacqueline Kennedy, Grace Kelly e a duquesa de Windsor, mulher do ex-rei Eduardo VIII.

Recluso em seus últimos anos, Givenchy raramente participava de eventos públicos e se dedicava principalmente à coleção de esculturas de mármore dos séculos 17 e 18, que mantinha em suas residências. No ano passado, durante a abertura de uma exposição em sua homenagem em um museu de Calais, no norte da França, ele declarou que sua profissão “é uma das mais bonitas da moda: dar felicidade aos outros com uma ideia”. “E eu sou feliz porque faço o que sempre quis fazer desde criança”, emendou.

0Shares