Na Austrália, Meghan Markle usa um tênis fabricado com materiais brasileiros incluindo o algodão orgânico

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

A duquesa de Sussex escolheu um calçado fabricado de modo sustentável no Rio Grande do Sul para assistir uma competição de vela com o marido, Príncipe Harry, neste domingo (21). A peça é da marca franco-brasileira Vert, dos sócios franceses François-Ghislain Morillion e Sébastien Kopp. Essa, aliás, não é a primeira vez que a americana tem levantado a bandeira da sustentabilidade em seus looks. Veja mais abaixo!

É fato que a elegância é uma marca registrada dos looks de Meghan Markle, mas, se depender da duquesa de Sussex, outro substantivo vai estar cada vez mais em voga em suas produções: a sustentabilidade. Prova disso foi a escolha do sapato feito por ela para assistir uma competição de vela do Invictus Games – cuja cerimônia de abertura foi marcada por um discurso em que Príncipe Harry citou a gravidez dela -, na Austrália, neste domingo (21). A americana usou um tênis da marca franco-brasileira Vert: fabricado na região de Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul, o calçado é produzido com matérias-primas nacionais.

Criada pelos franceses François-Ghislain Morillion e Sébastien Kopp, a Vert – que, no exterior ganha o nome de Veja – usa algodão orgânico do semiárido nordestino, borracha selvagem da Amazônia e couro não-proveniente da Amazônia, onde a criação de gado é fator relevante no desmatamento. O Esplar Couro Extra White Black, modelo escolhido pela nova integrante da realeza britânica, que até já ficou descalça durante uma visita à praia durante a viagem, encontra-se disponível no site da marca por R$ 370.

A Veja ou Vert  é marca do tênis usado pela princesa que é parceira da Coopnatural – (fábrica que fica em Campina Grande) e é a responsável pela  produção de algodão orgânico na Paraíba.

É um orgulho ver um produto paraibano alcançar o ápice da promoção mundial.

ECO-FRIENDLY é uma expressão em inglês que significa “ecologicamente amigável”, ou seja, algo não prejudicial ao meio-ambiente.

Matéria é uma reprodução do site Purepeople com informações da Coopnatural

0Shares