UFPB é a 1ª Universidade do país a oferecer graduação em Ciência de Dados e Inteligência Artificial

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é a 1ª instituição pública do país a oferecer graduação em Ciência de Dados e Inteligência Artificial. O curso será ofertado a partir do ano que vem, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020. Serão disponibilizadas 30 vagas por semestre, pela manhã, no Centro de Informática (CI), no campus I, em João Pessoa.

Segundo Bruno Jefferson Pessoa, coordenador do novo bacharelado, a finalidade principal da ciência de dados é responder perguntas sobre aspectos invisíveis, que se “escondem” por detrás dos dados. Com uma grade curricular multidisciplinar, a graduação abrangerá as áreas de computação, matemática, estatística e inteligência artificial.

“O profissional utilizará esses conhecimentos para buscar potenciais caminhos de estudo, predizendo tendências, explorando fontes de dados aparentemente desconexas e encontrando melhores modos de analisar a informação”. De acordo com o professor, o egresso também será capaz de elaborar ferramentas computacionais e modelos de aprendizagem de máquina para analisar grandes conjuntos de dados, atuando sempre no topo das organizações e influenciando o processo de tomada de decisão.

“A criação do curso contribuirá de maneira efetiva na formação de mão-de-obra qualificada e no desenvolvimento de polos tecnológicos capazes de competir no cenário regional, nacional e internacional”. Com isso, Bruno Jefferson Pessoa acredita que será possível colocar a Paraíba na vanguarda do desenvolvimento de soluções baseadas em Inteligência Artificial, atraindo investidores externos e empresas que buscam por mão-de-obra qualificada na área.

Como ainda não há diretrizes curriculares nacionais para cursos na área de ciência de dados, o projeto pedagógico busca alinhamento com os Referenciais de Formação para Cursos de Graduação em Computação (RF-CC-17) da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), nas Diretrizes Nacionais Curriculares para Cursos de Graduação na área da Computação do Ministério da Educação (Resolução CNE/CES N 05/2016) e nas Diretrizes Curriculares para Programas de Graduação em Ciência de Dados (Curriculum Guidelines for Undergraduate Programs in Data Science).  

O processo de criação da graduação teve início há dois anos, quando foi formada uma comissão de docentes com a finalidade de analisar o impacto das mudanças tecnológicas nos cursos superiores das melhores universidades do mundo. Dessa maneira, foi identificado um crescimento acelerado no número de cursos nas áreas de ciência de dados e inteligência artificial. A comissão então promoveu uma pesquisa extensa e detalhada em importantes universidades internacionais, como Harvard, Stanford, University of California, entre outras.

Beatriz Barros | Ascom/UFPB

0Shares