Sheraton Reserva do Paiva demite funcionários e encerra suas atividades no Litoral Sul de Pernambuco

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

O Sheraton Reserva do Paiva anunciou na última terça-feira, 23, o encerramento das suas atividades no Cabo de Santo Agostinho. Em nota, a Marriott International informou que o contrato de gerenciamento da propriedade será encerrado em julho, porém não detalhou os motivos que levaram ao encerramento do contrato. Também não há sinalização se uma nova bandeira hoteleira poderá assumir o empreendimento.

Inaugurado em 2014, o Sheraton Reserva do Paiva representa um investimento de R$ 280 milhões. Desenvolvido pelo grupo português Promovalor e construído pela brasileira Odebrecht, o empreendimento ocupa um total de 8.800 metros quadrados de área construída e oito andares de prédio. O Sheraton Reserva do Paiva Hotel & Convention Center fica a 14 quilômetros do Aeroporto Internacional de Recife. A proximidade do Porto de Suape permitiu que o empreendimento fosse uma unidade hoteleira orientada simultaneamente para o turismo de lazer e de negócios.

Na sua estrutura, o empreendimento conta com oito prédios que abrigam quase 300 quartos. Luxo e elegância, marca dos hoteis da rede ao redor do mundo, também estão presentes no saguão e em todos os detalhes. Uma das principais apostas do empreendimento sempre foi o centro de convenções do hotel, que recebeu o nome do ex-governador Eduardo Campos. São três ballrooms e duas salas de conferências além de outros espaços flexíveis para eventos corporativos ou festas.